Arquivos
Belém(PA), Sábado, 24 de Agosto de 2019

Refrigério e Consolo das Almas

Santo e Bendito Amor, que refrigeras as almas conturbadas
Que consolas as atribuladas e fortaleces as desesperançadas
Santo e Misericordioso Amor, que acalmas as almas desesperadas
Que sacias as famintas de justiça e de paz
SANTO ESPÍRITO, que iluminas e guias as almas desencaminhadas
Que ensinas o caminho a seguir e o sim a proferir
JESUS, Querido Irmão, sempre pronto a libertar-nos
Das astúcias do mal disfarçado
DEUS-PAI, que só desejas a nossa salvação
Vem! Vem! Vem! Nossas almas anseiam a Tua Sabedoria
Para dizermos o sim certo, nas horas incertas e na ocasião certa
E vivermos sempre em Teu Amor e somente em Teu Amor.
Amém! Amém! Amém!
De repente, no silêncio eloqüente, do Amor que refrigera e consola, encontrei nesta oração, a resposta da Santíssima Trindade à minha indecisão e fragilidade em cumprir à Única, Salvadora e Libertadora Vontade, que só quer o meu sim definitivo.
Obrigado JESUS! Obrigado Maria!

O Peregrino

Oração contra o Demônio

JESUS, Querido Irmão, envia o Arcanjo São Miguel
Para destruir com a sua espada santa, o Mal disfarçado
Que quer enganar-me e escravizar meu pobre coração
Para que não mereça, um dia, a minha salvação
JESUS, dá-me a Tua Luz, para que eu enxergue o Maligno
Nas pequenas e grandes faltas,e, possa defender-me com o escudo da oração
Não permitas que eu caia novamente, repetindo o mesmo erro antigo
Aumenta a minha fé, e, ouve a intercessão que por mim está fazendo, a Mãezinha do Céu, Nossa Senhora de Nazaré
Que o Sinal Tau, marque o meu coração, e eu possa defender-me contra o Demônio
Ajuda-me JESUS com a Luz da Santa Cruz
Para que eu nunca enfraqueça, com medo, querendo voltar atrás
Amém! Amém! Amém!
Cercado pelas tentações do Maligno, roguei a JESUS, e, o Espírito Santo, ensinou-me a escrever o escudo da oração, com a lança da fé.

O Peregrino

Oração ao Pai

Boa noite, Pai
Termina o dia e a Ti entrego meu cansaço
Obrigado por tudo e … perdão
Obrigado pela esperança que hoje animou meus passos, pela alegria que vi no rosto das crianças
Obrigado pelo exemplo que recebi dos outros
Obrigado também pelo que me fez sofrer
Obrigado, porque, naquele momento de desânimo lembrei-me de que Tú és meu Pai
Obrigado, pela luz, pela noite, pela brisa, pela comida, pelo meu desejo de superação
Obrigado Pai, porque me deste uma Mãe Compreensiva e Carinhosa.

Perdão também Senhor. Perdão pelo meu rosto carrancudo
Perdão porque me esqueci que não sou filho único, mas irmão de muitos
Perdão Pai, pela falta de colaboração, pela ausência do espírito de servir
Perdão porque não evitei aquela lágrima, aquele desgosto
Perdão por Ter aprisionado em mim a Tua mensagem de amor
Perdão porque não estive disposto a dizer Sim, como Maria
Perdão por aqueles que deveriam pedir-te perdão, e não se decidiram a fazê-lo
Perdoa-me Pai, e abençoa meus propósitos para o dia de amanhã.

Que, ao despertar, me domine um novo entusiasmo
Que o dia de amanhã seja um contínuo Sim, numa vida consciente
Boa noite, Pai, até amanhã.
Amém!

O Peregrino